terça-feira, 15 de janeiro de 2008

FORTES PORQUE ALEGRES

O Deus da Bíblia é um Deus feliz e alegre.

A ira que Ele derrama sobre as abominações e as ofensas que Lhe causam os nossos pecados não são suficientemente capazes de subtrair de Seu ser eternamente feliz as alegrias que permeiam toda a Sua soberana glória.

O Cristo dos Evangelhos é um Cristo alegre e feliz.

Os fariseus hipócritas e os herodianos aliados à Corte Inimiga jamais ofuscaram o fulgor de Sua majestosa alegria, interior e profunda, abundante e interminável.

O Espírito Santo é um Espírito alegre.

Em Sua esfusiante alegria Ele despeja amor e ternura, paz e gozo sobre aqueles que se deixam conduzir por Sua sapiente inteligência e Seu acurado conhecimento.

O Israel do Antigo Testamento era um povo alegre.

Povo que seguiu à risca as ordenanças para fazer as santas festas do Senhor, cantando, tocando, dançando, festejando sempre, quase sem nunca se cansar.

A Igreja do Novo Testamento era uma Igreja alegre.

Uma Igreja que cantava muito, adorava sempre, quer nas ruas, quer nas praças e até mesmo nas prisões. Discípulos alegres, diáconos que evangelizam cidades que ficavam alegres, apóstolos que oravam e cantavam até dentro de um cárcere.

Os crentes de hoje devem ser crentes alegres.

Nossa alegria resulta do perdão que alcançamos, da presença divina que desfrutamos, do banquete que o pai do filho pródigo oferece ("ë começaram a alegrar-se"), da certeza que habita em cada um de nós, da esperança de uma Vinda que se aproxima ("alegrai-vos na esperança").

Não permita que sua alegria seja roubada. Nem por satanás, nem pelos demônios, nem pelos inimigos, nem pelas circunstâncias.

Mantenha-se alegre. Esta é a receita para se manter forte porque "a alegria do Senhor é a nossa força",

Um comentário:

ana disse...

Esse texto deveria ser matéria da primeira capa do Diário de Pernambuco!
perfeito!
Glória Deus