segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

CENTO E QUARENTA E OITO PEIXES


A movimentação que no Brasil ocorre a cada ano, durante o chamado período carnavalesco, é algo que impressiona.
Impressiona a Terra, porque sua repercussão é global, devido aos quase ilimitados recursos da mídia.
Literalmente o mundo acompanha essa loucura coletiva, rotulada de festa, fantasiada de diversão, mal intitulada de folclore e absolutamente controlada pelas forças do Mal.
Sob o patrocínio do Poder Público, em todas as suas esferas e sob o sacrifício pessoal de milhões, tudo para, a fim de que o carnaval ande. Tudo escurece, a fim de que o carnaval brilhe. Tudo se esconde, para que apareça o carnaval.
Impressiona o Inferno, porque os demônios se sentem campeões, visto que as estratégias planejadas pelo Príncipe das trevas se materializam com a tragédia das vidas que o adoram, enquanto o prazer da carne absorve por completo o dever da alma.
O espetáculo da desordem moral e espiritual que domina as vidas sem destino e sem fé faz com que os verdadeiros cristãos sofram e agonizam, diante da perspectiva e da expectativa de perdas espirituais sem conta, visto estarem, todas, no despenhadeiro que conduz inevitavelmente ao Inferno.
Impressiona o Céu, porque o Criador é vilmente esquecido pela criatura. E quando parece ser lembrado é para ser tema de chacota, alvo de escárnio ou motivo de blasfêmia.
Nessa época, mais que em outras, ao que parece, todos os valores embutidos no Plano da Criação são torpemente invertidos.
Não foi para isso que fomos criados. Não foi para isso que viemos ao mundo. Não foi para isso que nascemos, mercê de Deus.
Faz algum tempo a Igreja se sentiu intimidada e acuada diante da estranha força do carnaval. E tem reagido de distintas maneiras.
Milhares fecham as portas de seus templos, como se não fosse útil abri-los. Os crentes não vão brincar nas ruas, mas decidem se esconder nas casas. A Igreja se torna a grande ausente enquanto acontece o tsunami espiritual.
Centenas correm para os parques, as florestas e os bosques e ficam em solenes retiros espirituais. Ou seja, batem em retirada. A Invencível parece temer os que a combatem e se esconde estrategicamente.
Os FIÉIS regressam santificados na quarta-feira, agradecidos a Deus porque não viram nada, não participaram de nada, em nada ofenderam o Mestre Querido. Fíéis? Talvez. Obedientes? Certamente não. Pelo menos não obedientes à Grande Comissão.
Outras têm utilizado esse período para promover Congressos, principalmente de Jovens. Contam-se, atualmente, às centenas, em todo o País. Neste ano minha agenda inclui a participação em dois deles.
Na última década do século que passou algumas igrejas começaram a atuar um pouco diferentemente.
Elas promovem vigílias e/ou grandes concentrações com muito louvor e bastante Palavra.
Amanhã, terça-feira (16/02/2010) deverei estar pregando na sétima edição do DESPERTA BRASILIA.
Sábado, dia 13, preguei no ABALA SÃO PAULO, fundado e conduzido pelo apóstolo Sergio Lopes.
O Abala São Paulo compreende quatro dias consecutivos de reuniões, incluindo uma noite em vigília, com muita liberdade para o Espírito Santo. Vários oradores convidados e um sentido de busca a Deus muito real.
Cheguei a tempo de ouvir um pouco o orador que me antecedeu e testemunhei milagres na reunião, coisa que por um lado foi muito explorada em anos recentes e por outro tem sido esquecida em milhares de púlpitos, Casas de Deus e ministérios pessoais. Esquecida às vezes, às vezes combatida.
Mas, na verdade, escrevo estas linhas para mencionar que naquela reunião o Espírito Santo me orientou a chamar as ovelhas desgarradas a um reencontro com o Bom Pastor.
Voltaram cento e quarenta e oito.
Não tenho maior alegria que esta, de ver almas virem aos pés do Salvador. Não vejo legítimo sucesso no ministério da pregação, se não é acompanhado de frutos.
Não posso entender como tantos expoentes da Palavra atualmente abastecem o coração dos crentes com mensagens de auto-ajuda e se esquecem de mostrar o Caminho Estreito e indispensável, para os perdidos.
Será que em alguns a paixão pelas almas foi substituída por interesses secundários?
Será que a bruxoleante luz dos holofotes está ofuscando o brilho glorioso da Luz Verdadeira que veio ao mundo?
Rendo, genuflexo, minha mais profunda gratidão a Deus pelas cento e quarenta e oito pessoas que, em pleno carnaval, livraram-se do carnaval para sempre, porque a Igreja lhes concedeu uma oportunidade.
O local de realização do ABALA SÃO PAULO está a poucos, bem poucos minutos da sinagoga de momo.
Podemos fazer a guerra com tiros de morteiro, a considerável distância do alvo escolhido.
Mas também podemos lançar-nos ao mar alto e colher os peixes num corpo-a-corpo digno de verdadeiros cristãos e fiéis testemunhas.
Certamente será mais fácil abalar São Paulo – e o Brasil, quando nossas trincheiras estiverem na posição certa.
Temos muito tempo para consertar as redes. Não parece justo fazer isto exatamente no instante de as lançarmos ao mar, com tantos cardumes à vista..
Se o meu leitor é um pregador do Evangelho, aceite um desafio: prepare-se para, no carnaval de 2011, conseguir pelo menos cento e quarenta e oito peixes.

3 comentários:

Pb. Fernando Cardoso disse...

Glória Deus...

Chamo este momento de pesca maravilhosa.

Enquanto uns pescam, outros reciclam.

A Assembleia de Deus Ministério de Perus terminou hoje segunda-feira, a XXVI Escola Biblica Fraternal de Obreiros e Convençao; que teve inicio na sexta-feira.

Sobre o tema que norteia a Campanha Nacional: AVIVAMENTO, A CHAMA QUE NÃO DEVE SE APAGAR; obreiros e obreiras sairam inflamados pelo poder do Espirito, para ganhar almas e fazer a diferença.

Deus bradou no sabado a noite que mais uma vez a colheita será grande no brasil.

Não esperamos só uma grande colheita, mas a maior colheita deste ultimo instante da igreja.

Pr. Geziel, come , mas come mesmo, pois ainda é mui cumprido o seu caminho e da Miss. Maura.

Vai nesta tua força Hc.3:2

Ev. Fernando Cardoso

AD do ALMERINDA: disse...

Parabéns, Pastor Geziel!
PbGS - AD do Almerinda - São Gonçalo-RJ.

Jeziel Curcino disse...

Amado Pr Geziel é uma Honra ser honomino do Sr.!!!Deus Abençoe!!!E Que Deus Me Ajude a Feazer Jus ao Tão Honravel Nome que Tenho...
Graça e Paz...