segunda-feira, 10 de novembro de 2008

ZOMBANDO DO DINHEIRO SAGRADO

Ontem, domingo, 9 de novembro de 2008, foi uma grande data para nossa querida Igreja Canaã.
Foi o encerramento de mais um Congresso de Jovens, iniciado na sexta-feira. Plenamente coroado de êxito, ou seja, aprovado pelo Senhor.
Quando a liderança do Congresso - e da Juventude, prestou contas de seu trabalho, atinente à preparação e realização do evento, informou que desistiu de convidar cantores para o Congresso, porque lhe foi exigido entre 7 e 20 mil reais. E nós não dispomos desse capital.
Pus-me a pensar em uma pessoa participando de um Congresso de Jovens com 4 oportunidades para cantar e recebendo 10 mil reais. A conta é bem simples: dois mil e quinhentos reais para cantar um hino, o que leva entre 3 a 6 minutos.
A mim me parece que alguma coisa não vai bem, diante de tal supervalorização. E isso não tem nada que ver a crise global que começou em setembro. Vem de bem antes.
Ou a profissão de cantor está beirando a de jogador de futebol ou os pastores e líderes perderam a noção do significado do dinheiro do povo de Deus.
20 mil reais para (e por) uma exibição num show mundano tem lá o seu significado. Mas, é correto que ele sirva de parâmetro para a Casa de Deus?
Vejo uma grande revolução em andamento: a comercialização agressiva do sagrado. A profanação absurda do celestial. A deterioração do divino.
Aonde vamos parar?
Meses atrás preguei em uma Igreja por 3 noites.
Como de todos é sabido, utilizo o púlpito entre hora e meia e duas horas, cada vez que prego.
Claro que não preguei mensagens que o povo pediu.
Claro que não preguei com play-back.
Claro que não preguei mensagens repetidas pela centésima vez.
Claro que o esforço foi infinitamente diferente da distinta que esteve no mesmo evento e cantou 6 hinos: dois em cada noite. Mas, na verdade, foram apenas 3 porque em cada noite ela cantava um que era sempre o mesmo.
Ao terminar o Congresso, recebi uma oferta de amor de dois mil reais e a pop-star gospel recebeu seis mil reais de cachê.
Não admira os carros importados e as mansões de luxo que esses astros e estrelas exibem e desfrutam.
Sinto-me mais particularmente impressionado com os casos em que esses cachês são retirados do Tesouro da Casa de Deus, ou seja, dos dízimos sagrados que representam, também, a fidelidade de milhares de crentes que ganham salários minguados.
Parece que existe alguma coisa estranha no ar. Aliás, nos templos sagrados.
Outro dia um pastor contou-me um caso estranho. Um diácono foi à tesouraria de uma igreja buscar a cota semanal da ração dos animais do líder, que lhe foi prontamente entregue. Era algo que passava de um mil e oitocentos reais.
Cinco minutos depois, um irmãozinho pálido e triste procurou a mesma pessoa na tesouraria para pedir cinco reais para completar o pagamento da luz, a fim de que não lhe cortassem a energia de casa. A resposta foi taxativa, imediata e áspera: NÃO TEMOS.
Esse não temos foi ouvido lá em cima, onde habita o Justo Juiz. O mesmo Juiz Justo que está contemplando, irado, a malversação do dinheiro sagrado, que se doa prodigamente para os famosos.
Voltando ao caso que mencionei acima, acrescento que a mesma levita vendeu 11 mil reais de cds com música gospel, depois de palavras agitadoras dirigidas para o seu fã-clube.
Essa situação é praticamente irreversível, porque as únicas pessoas que poderiam frear esse carnaval monetário seriam os pastores. Mas, como? se são eles que alimentam os atores e atrizes desse espetáculo de gastança?
Não faz muito, em uma igreja por aí foi sugerido o nome de uma pessoa para ministrar a Palavra de Deus em um Congresso e o líder da paróquia recusou-se a referendar o seu nome, por uma razão pateticamente importante: Não chamem esse não, que não dá IBOPE. E se trata de uma pessoa de jejum e oração. Mas que fala para pessoas e não para galeras.
Outro dia eu estive pregando em um outro Congresso, que recebeu uma boa verba do Poder Público Municipal, suficiente para todos os gastos.
Alguma coisa aconteceu no meio dos que administravam a verba para o Congresso, que o dinheiro sumiu. Quando fui pregar, me pediram encarecidamente que recolhesse uma oferta, para poderem cobrir os gastos do final do abençoado Congresso.
Faz pouquinho tempo cheguei em um aeroporto e os que me foram apanhar estavam indignados porque o notável orador que havia sido convidado, recebera o dinheiro de duas passagens, para si e sua esposa, e... decidiu ir ministrar unção em outro lugar, que também lhe pagara a passagem.
Desde que os pastores deixaram de fazer estudos bíblicos nas reuniões convencionais e os substituiram por reformas intermináveis de estatutos e eleições presidenciais, que nunca mais se ouviu falar de Tribunal de Cristo, um certo acontecimento anunciado na Bíblia para prestação de contas dos nossos atos aqui na Terra. O assunto agora é: votem em fulano e nunca em sicrano.! Por haverem vivido noutro tempo, Pedro e Paulo escaparam disto.
A mim pouco me importa se houver reações intempestivas a estas linhas que escrevo. Por exemplo, uma pessoa que poderia me contestar seria um daqueles pastores que neste ano de 2008 me convidaram para pregar em suas igrejas e na hora de eu ir para o aeroporto, não apareceu ninguém. Tive que pagar a conta do hotel e o táxi do aeroporto. Quanto aos levitas, o tratamento foi VIP.
Já fiz referência neste blog a pessoas e igrejas que são generosas e amáveis e sabem tratar bem os profetas de Deus.
Hoje, porém, estou me voltando contra os perdulários, os gastadores do dinheiro sagrado, esses que estão fazendo as fortunas dos já ricos com o dinheiro dos extremamente pobres.
Termino dizendo que muitas vezes alguns profissionais do cântico (jamais do louvor) são arrogantes, abusados e imponentes e nada mais lhes interessa senão o vil metal, por sinal sempre pago com muita antecedência.
Um desses peraltas, há não muito tempo, conversava com um parceiro num hotel, quando foi ouvido por um piedoso homem de Deus, que estava por trás da coluna. Ele disse literalmente: estou indo outra vez arrancar o dinheiro daqueles trouxas.
Vale lembrar que esse personagem estava indo para um Congresso de Poder e Renovação. E quando lá chegou, anunciou: "quanto eu cantar esse louvor, o fogo vai cair".
E muita gente insiste em chamar a essas coisas todas de O GRANDE AVIVAMENTO BRASILEIRO.
Creio firmemente na Onisciência do Senhor. Ou seja, creio que Ele conhece o passado, o presente e o futuro.
Creio sinceramente que Ele estava anteolhando esses tristes fatos e realidades, quando declarou: "vomitar-te-ei da minha boca".
No entanto, olho para Ele e vejo que também é ONIPOTENTE. Por isso digo: Ainda resta uma esperança!


Não fique neutro. Deixe algum comentário após ler estas linhas. Vamos ver se apenas eu estou contemplando este quadro desolador.
Chamar essas coisas todas de av

24 comentários:

Marcelo disse...

Shalom Nobre Pr Geziel !

Concordo plenamente com esta mensagem pura, sincera, e de juízo sobre esta geração. As igrejas estão se transformando em um mercado. O púlpito em um balcão. O evangelho tornou-se um produto e, os crentes consumidores . Vivemos dias da banalização do sagrado, dos lobos que estão dentro de nossas igrejas , participando de nossas festas , banqueteando-se conosco, apascentando-se a si mesmo sem temor - Jd 12 . Estes cantores tem fome de MAMOM e não do Maná . Estão corrompidos pelo dinheiro, orgulho e soberba . Antes do Eterno aceitar nosso louvor, ele precisa aceitar nossas vidas. O culto não pode ser dissociado da vida do adorador. Louvor não é mimetismo, nem ritualismo. Louvor que levanta as mãos para os céus, e não estende a mão ao caído, é fogo estranho ao Senhor . Estes ouvirão a Palavra do Senhor por intermédio do "boiadeiro" Amós 5.23,24 : Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas". Corra, porém, o juízo como as águas,e a justiça como o ribeiro impetuoso. CLamamos em alta voz : Fora os mercenários, artistas, e famosos ! PRecisamos de adoradores, de profetas, de homens e mulheres que a cada dia se tornem semelhantes a Jesus, nosso Senhor . Estes mercenários já nos foram avisados pelo apóstolo Pedro em II Pe 2.3 e também o apóstolo Paulo em I Tm 6.5 . Encerro este texto com duas máximas : "Aquele que serve a Deus por dinheiro, servirá ao Diabo por salário melhor" Roger L'Strange . " Nada do que é de Deus é obtido com o dinheiro" Tertuliano . Receba meu abraço amigo, amigo - MArcelo de Oliveira

Jorge disse...

Pastor A paz do Senhor Jesus !
É pura verdade o que o senhor acabou de relatar nessa mensagem , sou pastor de uma Igreja em Manaus (greja Pentecostal do Avivamento ) e me apareceu aqui uma pregador ( mercenário) no congresso de jovens vindo de São Paulo que estragou o congresso pois, o mesmo não pregou a palavra mais só falava em dinheiro a oferta era de dez mil pra cima , muita gente ficou escandalizado com ele . tive que torma o microfone dele e perdi para ele se retirar pois ele não era pregador , mais mecernário do povo de Deus , verdadeiro lobo , Que Deus continue te usado pastor Geziel para falar a verdade . fica na paz de Cristo .

Arthur disse...

Uma lamentável faceta da igreja brasileira atual. Com certeza por causa da infiltração de homens ímpios nos quadros do sagrado ministério de Jesus. Estes trazem costumes e padrões mundanos. Assim, comentem um grave pecado, a prática da tietagem na igreja brasileira. Onde estamos? Que negócio é este de fã-clube de figurinha A, B ou C, ou coisa que o valha. Quem são estes? De onde vêm? Qual a trajetória ou a história destes no evangelho? Transparecem um esteriótipo de super-heróis pentecostais. Com falas montadas, pregrações repetidas, frases de efeito, robôs que falam palavras que já sabem que vão agradar as pessoas. SEM VIDA DEVOCIONAL COM O PAI. Como bem dito pelo irmão: movidos pelo vil metal. Ressalvando os genuínos ministros de Cristo, os culpados são líderes de ruim formação ministerial, que na linguagem secular, contratam tais figurinhas carimbadas. ESTÃO DANDO BEZERRO DE OURO PARA O POVO. D'us nos guarde! Enfim, são exegestas da magia, e ilusionistas da fé, e como escreveu o Pr.José Barbosa no seu artigo CHARLATÕES DA FÉ, são bad boys gospels, são picaretas do pentesmoney, que praticam ladroagem a céu aberto.
Mas o povo está acordando desta realidade. E já está acabando o tempo destas estrelinhazinhas decadentes, que aliás, os tais não têm luz própria, pois dependem de fã-clube para reconhecê-los. Vemos um paradoxo entre estes e aqueles mencionados em I Co.4.9,13. Precisamos de gente como aquelas mencionadas em Fl.2.15. Ali revela o grau de escuridão que o mundo vive, e precisamos de gente que brilhe como os astros, se referindo a força do testemunho cristão. Gente que brilha por refletir a luz de Cristo para o mundo, e não para si mesmos. Relembremos, que o sermão pregado com maior eloquência é o sermão da vida. Parem de zombar do dinheiro sagrado. Apoiado na linda reflexão caríssimo irmão.
Que graça de Cristo esteja conosco!
Arthur Bittencourt-SP

JP Mayer disse...

Senhor... ajuda-nos...

Annita disse...

Quero aqui prestar irrestrito apoio a este homem de Deus, Pr. Geziel Gomes, pela coragem demonstrada ao denunciar o que está acontecendo nos arraiais de Deus pelos chamados "levitas" dos nossos dias que, sem nenhum pudor, explora o povo de Deus cobrando deles quantias exorbitantes para se apresentarem nas igrejas. Que o Senhor trate com eles para que venham a reconhecer o perigo de tal prática e não venham eles, um dia, ouvir do Senhor um sonoro "apartai-vos...nunca vos conheci".

Leila disse...

PR. GEZIEL QUANTO AOS CACHES PAGOS AOS "CANTORES EVANGELICOS" ISTO SO ACONTECE PORQUE PASTORES E\OU MINISTROS DE MUSICA DAS IGREJAS DÃO CONFIANCA A ESTES E PAGAM O QUE ELES QUEREM, SE ISTO NAO FOSSE FEITO EU QUERIA VER SE ELES COBRARIAM DAS IGREJAS QUANTIAS MILIONARIAS PARA PAGAR OS DEVIDOS SHOWS. QUANTO AOS LIDERES QUE FAZEM O QUE QUEREM COM O DINHEIRO DOS CRENTES , SEM DUVIDA E PORQUE A ESTRUTURA DE ALGUMAS IGREJAS PENTECOSTAIS DÃO ABERTURA A ESTE TIPO DE COISA. NAS IGREJAS TRADICIONAIS O DINHEIRO E TRATADO DE FORMA MAIS RESPEITAVEL E A TESOURARIA SEMPRE E COMPOSTA DE MAIS DE UM MEMBRO E TEM UMA COMISSAO DE AUDITORIA PARA COFERIR AS CONTAS DA IGREJA. PARECE EMPRESA, MAS NENHUM ANIMAL RECEBE RACAO ALHEIA. POR FAVOR O SR. QUE E INFLUENTE EDITE ESTA SUA MENSAGEM EM NOEME DE NOS QUE SOMOS APENAS MEMBROS DE IGREJA!

sidney disse...

Ap.Geziel Gomes.
saudações na graça do Senhor Jesus!
Esta mensagem deve ser pregada nos telhados!!! Alguem precisa ter coragem de usar do profetismo,pois a justiça começa na Casa de Deus.Esta zombaria é alimentada infelismente pela liderança evangélica,pois a mesma ta escravizada pela Deusa estatística.como se mede o " sucesso'' de um evento???Antigamente era com a Glória shekinah,ou com a alegria dos irmãos em serem consolados pelo Senhor e almas sendo acrescentadas!Evento evangélico em muitos lugares é totalmente mundano(Divisões,Ganância,adoração a Mamom... pespectiva Paulina)totalmente descomprometido com o crescimento pleno que as escrituras recomenda.É Tempo dos profetas usar as tribunas,a Mídia,as praças e qualquer meio para usar do profetismo como Miquéias com ousadia e cheios do Espírito Santo!
A Zombaria tem um fim...DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER!
Ta chegando a hora onde o Fogo da purificação separará os que servem dos que insistem em ser servido do sagrado. que o Eterno perdoe tão grande profanação e nos ajude a seguir o Exemplo do Amado mestre:" Sendo rico se fez pobre..."
seu conservo
Pr. Sidney de Castro

MICELÂNEA disse...

Pr Geziel,

Graça e Paz!!!

Eu creio, que o povo de Deus está lendo com mais profundidade a Palavra do Senhor Deus, pois, há um grande mover do Espírito Santo de Deus e muitas coisas virão a baila através daqueles que foram remidos por Jesus Cristo.
Eu gostei das informações e dos comentários deste espaço.
( Deixo algumas passagens quanto a esta postagem)

"O SENHOR olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens; da sua morada contempla todos os moradores da terra."

"Os olhos do SENHOR estão sobre os justos; e os seus ouvidos, atentos ao seu clamor."
(Salmos 33:13-14; 34:15)

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os
bons."
(Pv 15.3.)

“E não há criatura alguma encoberto diante Dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar” (Hebreus 4:13)

izabel307 disse...

a paz amado pastor,cada dia que se passa oro a Deus que levante homens como o irmão que não se entimida de dizer o que pensa,o amado esteve conosco o ano passado em dezembro no congresso de adolescentes em brasilia,passamos por algo semelhante,com cantores "evangelicos"que nos cobrou 6,000 mil reais mais passagens pra os filhos e a bába,hotel cinco estrelas,e etc.louvo a Deus que tem nos dado oportunidades como essa de ver o amado pregar em nossa igreja.um grande abraço de nossa familia izabel e walace.

alexandre disse...

Concordo plenamente amado pastor, comtudo que foi escrito. infelizmenten esses "supostos cantores e pregadores" são discipulos de Balaão que amam o prêmio da injustiça". Deus tenha misericordia da sua santa igreja
Pr. Alexandre - Rio de Janeiro

UMADEP - PIRITIBA - BAHIA disse...

Pastor Geziel, eu louvo ao Senhor, por ter levantado homens de reputação e compromisso com a obra como o senhor.Nestes últimos dias temos visto e ouvido coisas absurdas que nos entristecem e nos deixa revoltados por tamanha falta de temor destes que se auto intitulam-se "homens de Deus".Estamos vivendo tempos de inversão de valores e muitos líderes tem contribuído para isto, mas louvo ao Senhor pela tua vida e pela tua sinceridade, pois tens as marcas da cruz de Cristo e das das dificuldades enfrentadas em épocas que o evangelho não era esta banalidade que se ver hoje, mas sim a genuína Palavra de Deus.
Saudações e abraços do seu irmão em Cristo!!

Josias disse...

Uma dessas "estrelas" me ligou a 1 ano atrás querendo pregar em nossa igreja. Segundo ele a ligação era fruto de nossa amizade. Devido nossa amizade, suas reivindicações eram apenas 3 para nos trazer a Palavra: 1. Uma oferta de 800 dólares por uma hora de mensagem; 2. 500 dólares para poder ajudar na passagem, Brasil - EUA; 3. Que eu lhe desse a oportunidade de tirar uma oferta para seus muitos programas de ajuda a "missionários". Respeitosamente lhe perguntei se ele estava pregando Bíblia como no começo do seu ministério e que se assim fosse e se ele alimentasse a igreja e eu estivesse profundamente tocado pela mensagem lhe daria 200 dólares sem um centavo a mais. Como resultado da minha contraproposta, ele disse-me que ligaria no outro dia. Um ano se passou e meu telefone ainda não tocou com sua resposta. Creio que ele ainda esteja pensando... Nossa igreja sempre estará aberta e investirá em homens como Pr. Geziel que além de deixar a igreja profundamente alimentada (3 vezes esteve conosco), ainda deixou um saldo positivo para a obra missionária que realizamos. Que Deus lhe abençoe. Seu amigo e admirador. Pr. Josias Aristich, Newark, NJ

Pastor William Barros disse...

É pastor Geziel...as suas palavras são o desabafo de meu coração também. eu sou um obreiro relativamente jovem, tenho 34 anos,fui ensinado pelos meus mentores a viver em santidade e simplicidade. A gastar tempo com Deus em oração e ter paixão pelas almas. Mas me sinto confrontado por esta realidade que vivemos no evangelho no Brasil, onde os famosos, sejam cantores ou pregadores, exigem muito dinheiro, tratamento de astro e etc. o que mais me impreciona é o fato de quando eu era adolescente e ia na ADIG, nas terças lhe ouvir ensinar a palavra, vc e outros homens de Deus me inspiravam...sentia vontade de ser obreiro na casa de Deus. hoje vemos cantores e pregadores, não todos é claro, guardo ainda exemplos inspiradores, mas o fato é que hoje essas pessoas que sobem nos nossos púlpitos e fazem a "obra de Deus" em nosso meio não se parecem mais com obreiros...são cantores, pregadores, mas não são mais obreiros. perdidos e pecadores não são mais o seu alvo, não assistem mais culto, só chegam p pregar ou cantar...é muito triste pastor. Sou da Assembléia de Deus em marechal hermes-RJ, jantamos juntos na Ass. de Deus campo lindo, Seropédica há algumas semaas atráz. Sou pregador do evangelho e tenho família...é duro ver esse contraste...a paz

Markinhos disse...

Apósotlo Geziel:
Parabéns por mais este comentário.Que Deus continue usando o senhor em suas mensagens e pregações, como, a que vi na Catedral em Cabo Frio agora em Novembro.

Rafael Santos disse...

Paz Pr. Geziel.
Cada comentário seu é de grande importância para os que exercem um ministério na casa do Senhor. Tenho aprendido muito a cada mensagem postada no blog. Creio que não apenas eu mas vários ministros e obreiros espalhados pelo Brasil tem se enriquecido com sua sabedoria dada por Deus.
Deus continue te abençoando, sempre.
Um grande abraço.

CAMPIÃO disse...

A Paz pr. Gesiel
concordo plenamente com sua posição, e reforço o problema onde pastores dedicam mais tempo a cantores do que a pregação da palavra. Já ví cultos onde se canta por mais de uma ora e só sobra dez minutos para a palavra de Deus.
Miss. Joaquim

Cristina disse...

GRAÇA E PAZ A TODOS!
BEM, NA QUALIDADE DE SOLDADOS DO SENHOR,NÃO DEVEMOS DEIXAR ESSAS HISTÓRIAS SÓ NA NET; DEVEMOS COM TODA ORDEM E DECÊNCIA DESPERTAR E ABRIR OS OLHOS DO POVO DE DEUS PARA ISSO.
A COMEÇAR DOS PASTORES EM SEUS PÚLPITOS.
QUAL É O MEDO SE TEM FATOS CONCRETOS E COM TESTEMUNHAS?
POR ACASO OS PROFETOS DO VELHO TESTAMENTO FICAVAM CALADOS?

Pastor Marcos Antonio da Silva disse...

Faço coro com o prezado amigo e com todos que primam pela ética, pelo respeito ao sagrado - repudiando os mercenários de púlpito e pelos maus colegas pastores que alimentam esta alcatéia.
Pastor Marcos Antonio da Silva
Assembly of God New Life
Plant City - Florida, USA

Pastor Marcos Antonio da Silva disse...

Faço coro com o prezado amigo e com todos que diante desta terrível realidade na igreja brasileira, repudiam e reprovam os usurpadores do bem sagrado e verdadeiros assaltantes de igrejas, bem como aqueles maus colegas pastores, que alimentam esta alcatéia.

Pastor Marcos Antonio
Assembly of God New Life
Plant City - Florida, U.S.A.

COSME FERREIRA disse...

Bom irmãos... agora vamos para o mometo especial da palavra. Que momento especial, é este, que só falta 15 minutos para terminar o culto??? Oxe.. miséricordia!!!!
Pastores cuidadossssssss

rogerio disse...

Estou totalmente de acordo com todas as colocações deste amado servo de Deus, dirijo uma igreja no RJ, e não levo nenhum destes"cantores" ou "pregadores", pois as ofertas que entram na casa de Deus (igreja), são para manutenção da mesma e para o bom andamento da obra do Senhor.

EDGAR LEITE disse...

Nobre Pr. Geziel
Compartilho plenamente com o vosso pensamento. Em algum lugar no passado me agonizei muito com tais práticas, sem poder me manifestar, face a minha insignificante posição. Confesso entender que outras práticas estão embutidas neste mesmo princípio maligno. Bem fez o nobre Pastor Josias Aristich em sua manisfetação, estimando um valor ideal pela cooperação. Acrescento ainda que muitas "músicas" são recheadas de heresias.
Saudações cristãs:
Pr. Edgar Leite
Vice-presidente IEAD Campina Grande do Sul - Paraná.

Wésley Câmara disse...

É, pastor... Só me resta lamentar essa situação e lutar com todas as forças para que voltemos ao verdadeiro Evangelho, que não tem nada de dinheiro envolvido. Essa ganância tomou conta da maioria (e não acho que estou exagerando) das igrejas evangélicas e dos líderes. Pastor, cantor e pregador são agora profissões. Porém, enquanto o povo de Deus não abrir os olhos e perceber que estão sendo enganados com falsas promessas, enfrentaremos esses problemas. Apenas discordo quando o texto usa algumas vezes o termo "levita" para "cantor", já que não somos da tribo de Levi.
Ótimo texto e abramos nossos olhos, irmãos!
A paz.

Marisa Ramos disse...

Lamentavel......