segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

SER OU ESTAR ?



Quase todos os estrangeiros encontram dificuldades quando recebem as primeiras aulas de inglês. Refiro-me especificamente ä dificuldade que nossa mente encontra para assimilar com precisão o uso do verbo to be.
Enquanto na língua portuguesa dispomos de dois distintos verbos para expressarem com precisão as idéias de ser algo em caráter permanente ou apenas em sentido transitório, o idioma de Shakespeare apenas dispõe do verbo acima mencionado.
Verdade é, porém, que no dia-a-dia de nosso viver costumamos confundir os verbos ser e estar. Algumas vezes se parecem tão semelhantes, outras são, com efeito, mui distantes.
1.    Existem dois tipos de pessoas: as que são doentes e as que estão enfermas. O primeiro caso inclui os portadores de enfermidades crônicas. O segundo abrange os doentes temporários, ocasionais.
2.    Existem duas classes de crentes. Os que são Igreja e os outros, que estão na Igreja. Estes assistem o culto; aqueles, fazem o culto. Uns vão à Casa de Deus para levar sua adoração, sua solidariedade, sua comunhão e sua devoção. Os outros procuram os templos para receberem as bênçãos. Nada mais. Avivamento significa o esvaziamento da igreja dos que estão, e conseqüente crescimento da igreja dos que são. Os que apenas estão não amam a Igreja, não consideram o pastor, não são solidários, criam raízes. Os que são sofrem, lutam, ajudam, participam, defendem e não desistem.
3.    Em cada culto aparecem dois tipos de assistentes: os que são alegres e os que estão contentes. A alegria destes depende das circunstâncias. A daqueles vem do Céu e se situa muito acima e além da ambiência que os cerca.
4.    Em meus anos de vida tenho encontrado pessoas que são pastores e outras que estão pastores. Estes somente são pastores no púlpito. Aqueles o são vinte e quatro horas por dia. Uns repartem seu tempo com inúmeras tarefas e distintas prioridades, às vezes até contrários ao espírito do laborpastoral. Os outros optaram pela dedicação integral. No Avivamento há uma enorme escassez de pessoas que estão pastores, enquanto o Espírito provê uma abundância de servos que são.
5.    A vida moderna tem apresentado inúmeros desafios aos que servem a Deus. Um dos mais intrigantes é fazer com que a família de Deus deixe de ser santa, para apenas estar santa. Ou seja, santidade legítima ser algo para os fins de semana, para os horários de culto, para os dias de retiro espiritual. Somente um poderoso Avivamento tira as pessoas do ESTAR para o SER. Quando um líder eclesiástico despende milhões para a construção de templos suntuosos e nada faz para conduzir o rebanho ao estágio de plena maturidade espiritual isso acontece porque o ESTAR está tendo prioridade sobre o SER. É melhor uma Igreja espiritualmente rica em um santuário materialmente pobre do que um povo espiritualmente pobre em uma construção de luxo e esplendor.
6.    Os que trazem seu dízimo apenas quando há “sobra de caixa” não são dizimistas. Apenas estão.
7.    Que bom que Jesus não disse: Estareis minhas testemunhas.  Ele preferiu declarar : “SER-me-eis testemunhas... até os confins da Terra”. Esta talvez seja a razão por que não concluímos a tarefa evangelizante. A Igreja não foi fundada para ESTAR (ocasional ou limitadamente) missionária e sim para SER (permanentemente) uma Igreja. Se ao invés de haver estado ela houvesse sido, quem sabe o Cordeiro já teria vindo. É “apenas” uma questão de SER ou ESTAR.
8.    O soldado que está a postos apenas no momento da revista do Comandante não É vigilante. Ele ESTÁ vigilante. A lição se aplica diretamente ao Exército de Cristo.
9.    A compreensão plena vai depender de uma dedicação de nossa parte. Não devemos apenas estudar com afinco os textos bíblicos que se referem a ESTAR, especialmente estar na casa de Deus. Devemos estudar também com muito carinho aqueles que falam sobre o que SOMOS e sobre o que temos que SER. Deus não visita Seus filhos por causa dos lugares em que eles ESTÃO e sim devido àquilo que em verdade eles SÃO , I Tm 3.15; Rm 16.5; I Co 3.16. Finalmente, não nos contentemos em ESTAR vencendo. Procuremos alcançar a meta bíblica: “SER mais que vencedores”.

6 comentários:

Mar disse...

Samuel ore por min Gesiel o inverno esta luta contra min se levtanta e intercede por min.
Paz de Cristo

nervans disse...

Maravilhosa reflexão, ela traduz a condição atual e porque das gangorras, das inconstancias dentro e fora da igreja.
Quando nossa preocupação é apenas com o que é aparente corremos para ESTAR, quando estamos em perigo procuramos ESTAR protegidos, realmente há muitos que ESTÃO pastores durante o culto, e por ai vai. Que Deus continue lhe usando e abençoando SENDO sempre esta Benção :) .

Ney Maranhão disse...

Amado Pr. Geziel,

Belíssima reflexão!

Que Deus continue lhe usando poderosamente!

Um forte abraço,

Ney Maranhão - Belém/PA

Ministerio Assembleia de Deus Vinde disse...

Pastor Geziel, tenho 21 anos de idade, mas sou grato a Deus porque existe um homem que ainda conserva o amor a Palavra de Deus e a reverência ao Altíssimo. Muitos têm se embaraçado com o modernismo, pricipalmente os que sao da minha idade. Tenho grande carinho pelo senhor, pastor, Deus é testemunha. A Paz do Senhor.

Pb. Glauko Santos disse...

Prezado Pastor Geziel:
Passando por aqui, deixo este pequeno comentário a propósito do artigo, com o fim de parabenizá-lo por se deixar permitir ser poderosamente inspirado e usado pelo Senhor Jesus também ao escrever o artigo.
Que o nosso bondoso Deus continue sendo na preciosa vida do pastor-mestre de quem muitas excelentes coisas assimilei desde os meus primeiros dias na antiga AD de São Cristovão e por vezes na ADIG.
Paz seja consigo e digníssima família, meu prezado servo de Deus incentivador.
PbGS - Pb. Glauko Santos,
AD do Almerinda,
São Gonçalo-RJ.

Pastor Marcos Antonio disse...

Apreciado irmão e querido amigo
Rev. Geziel Gomes

Participando da 49a. Escola Bíblica de Obreiros na Ass. de Deus em Curitiba,

Alegrei-me sobremaneira com todos os quase 2 mil alunos, quando o querido pastor Antonio Gilberto, ministrando sobre - a HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO CRISTÃ NA ASSEMBLÉIA DE DEUS NO BRASIL, prestou sua homenagem,
e destacou aqueles que muito contribuiram para a Educação Cristã em nossa pátria:

Dentre estes principes, destacou seu nome e seu profícuo labor no ensino da Palavra de Deus através de décadas.

Em segunda aula, novamente destacou seu nome e seu trabalho profícuo nas Ass. de Deus no Brasil e na CPAD; e disse a todos nós de seu desejo de te-lo em um importante evento em sua igreja (Assembléia de Deus em Cordovil, Rio).

Meu caro amigo e professor, considerei ser de bom alvitre, compartilhar deste registro público de apreço e homenagem por parte deste ícone do Ensino Teológico no Brasil - pastor Antonio Gilberto (que pode mais uma vez fazer notório - o amor, carinho e respeito
que nutre pelo amado e seu precioso Ministério). A Deus toda glória!

Um grande e cordial deste seu diácono,

Pastor Marcos Antonio
Curitiba, PR
em 11 de janeiro de 2011