sexta-feira, 21 de maio de 2010

SINAIS DOS TEMPOS

Cerca de 3.000 pessoas explodiram em longos aplausos ao participarem da cerimônia de ordenação ao ministério de duas mulheres, sendo uma delas declaradamente homossexual.
O evento aconteceu no Long Beach Arena (USA), sete anos depois que a Igreja Episcopal ordenou o primeiro bispo em igual circunstância.
A mulher que foi ordenada ao bispado chama-se Mary Glasspool e é da cidade americana de Baltimore.
A Igreja Episcopal americana é um braço da Igreja Anglicana inglesa. Por causa dessas atitudes, um grande grupo de ministros contrários se desligou e formou a Igreja Anglicana nos Estados Unidos.
Em julho de 2009, a Convenção Geral Episcopal Americana informou que padres homossexuais e lésbicas eram considerados agora elegíveis para se tornarem bispos.

3 comentários:

Pb. Glauko Santos disse...

zaCaros Irmãos em Cristo:
Explode-se no meio das multidões, chega-se ao nosso conhecimento e torna-se incontestavelmente público e notório a multiplicação da iniquidade e a consequente frieza do amor de muitos.
Com tudo que temos ouvido e presenciado, externo meu respeito às pessoas por expressarem seus conceitos pessoais fruto de suas vontades e pontos-de-vista. Estão livres para externar suas expressões. Respeito humano é um valor humanitário que deve ser cultivado por todos. As pessoas querem DIZER o que sabem e o que pensam.
Entretanto, estou certo também de que a nossa posição, a nossa capacidade de raciocínio e de discernimento, a nossa sensibilidade espiritual e a nossa liberdade de expressão nos leva a deixar pública a pergunta célebre: "E O QUE A BÍBLIA, QUE É A PALAVRA DO DEUS CRIADOR, DIZ?" Em meio a tudo isso, eu continuo preferindo firme e convictamente dar todo o crédito e depositar a minha fé no Cristo Vivo e em Sua Palavra que é a minha regra de fé e prática.
Deixo público uma outra pergunta ainda: "Como uma pessoa se sentiria crendo, falando, defendendo, ensinando e pregando algo que vai de contra a si mesma diuturnamente, algo que reprova e contraria os seus próprios estilos de vida ativos, contra as suas práticas consumatórias que vão e ultrapassam além das tendências de pensamentos, paixões e inclinações da natureza decaída do homem?" PbGS - Pb. Glauko Santos.

Pr. Carlos disse...

Se alguém quiser contar sua experiência espiritual envie-nos um e-mail com a narrativa para: teo-fanias@hotmail.com
Ou entre no nosso blog: http://vaticinador.blogspot.com/

Abinel Trindade disse...

Caro Pastor Geziel Gomes, sou Diácono em una congregação em Saquarema do Minist. Boa Esperança - MIBE, Pastor Horácio da Silva Junior. Reforço a pergunta do Pb. Glauko; Como pode uma pessoa se sentir tranquila quando ela está proferindo a sua própria sentença de condenação? E o pior, sabendo que está levando muitas outras almas para o abismo,
para a condenação eterna. A Palavra de Deus nos alerta contra estes que deturpam o que está escrito e diz....sejam anátema.
ATALAIAS....VIGIAI E AVISAI AO POVO
Que Deus os usem sempre nessa missão de ensinarem a verdade.
Um abraço. Em Cristo. Abinel.