quarta-feira, 11 de novembro de 2009

PARA VOCÊ - QUE SOMENTE CHORA


Acabo de receberuma mensagem de uma pessoa muito amiga. Ela me escreveu dizendo que ultimamente tem chorado muito.
A vida humana não existe sem choro.
O primeiro ato do recém-nascido é chorar.
Quando se exala o último suspiro, o primeiro que fazem os circunstantes é chorar. E todos parecem esquecer o que disse O Barão de Montesquieu: "Devemos chorar as pessoas à nascença, e não quando da sua morte."
Mas há vidas tão preciosas, tão especiais, tão relevantes que para nós mil vezes melhor seria se jamais viessem a morrer.
Outras, como Manassés, morreram sem deixar saudades. Ou seja, ninguém chorou por eles.
Chora-se por nada e se chora também por tudo.
Há os poucos que choram quando ganham e os muitos que choram por perderem.
Há os que choram no reencontro, e os que choram na despedida.
A mãe chora quando vê o filho nascer, chora quando vê o infante crescer, mas chora muito mais quando “perde” o seu amado para aquele(a) que o(a) amou ainda mais.
Chorar envolve sentimentos profundos. Significa o derramar da alma.
Chora-se pouco nas alegrias, chora-se copiosamente quando as tristezas aparecem.
Chora-se no primeiro dia de aula; chora-se muito mais no dia da formatura.
Chora-se pelos parentes de perto que sofrem, bem como se chora pelos desconhecidos de longe. Aqueles são vistos todo dia; estes só são lembrados pelos flashes e manchetes da mídia.
Chora-se diante da sacrificial obediência dos filhos submissos. Chora—se ainda mais pela traição dos pródigos desalmados.
Chora o pastor pela ovelha desgarrada, chora o artista pelo quadro destruido, chora o órfão pelo(a) amado(a) que se foi.
Chora o turista sábio por tudo o que viu. Chora o viajante distraído por aquilo que deixou de ver.
Chora o comerciante pela falta de clientes. Chora o jogador pela vitória sofrida.
Chora Jacó por Raquel, chora Paulo pelos irmãos de Mileto, chora João pelo Cristo eterno, chora Jesus pela cidade de Jerusalém.
Todos choram. Melhor dizendo, todos choramos.
Você também chora.
Há os que dizem que chorar nada significa, mas outros, como Shakespeare, preferem declarar que "chorar é diminuir a profundidade da dor."
Fácil, bem fácil mesmo, é dar opiniões sobre o choro, quando as circunstâncias não o produzem. Difícil, bem difícil mesmo é impedir que se chore quando tudo indica que chorar é o que mais acertado se pode fazer.
Às vezes parece que existem aqueles que melhor demonstram sua alegria, chorando. E que dizer dos que se alegram, tentando mostrar que choram?
Talvez Tácito estivesse pensando nesses quando disse que “ninguém chora com mais ostentação do que os que mais se regozijam."
A Divindade se caracteriza pela impossibilidade de chorar.
Chorar, portanto, é quase o traço maior da prova da humanidade.
Isto posto, o grande monumento que evidencia a humanidade perfeita do Filho de Deus provavelmente é João 11.35: JESUS CHOROU.
Milhares de judeus teriam seguido o Nazareno se não tivessem ouvido Dele a sentença que os fez encher de desprezo pelo Messias de Israel: “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados”.
Não valem divagações quando o Mestre fala. Sua Palavra é a verdade. Chorar é bom e faz feliz.
Eu chorei, tu choraste, ELE chorou.
Apenas te digo que não chores sem consolo, ou seja, não chores longe Dele.
Ele é o Primeiro Consolador de nossas vidas.
E por haver regressado ao Seu Lar Celestial, brindou-nos com a oferta do Espírito Santo, o “outro” Consolador.
Se precisares “nadar o teu leito em lágrimas”, como hiperbolizou Davi, lembra-te de que é prova de sabedoria manter a disciplina sobre duas coisas na vida: saber chorar e entender quando parar de chorar.
O Mestre da Galiléia, que chorou no momento certo, disse para a viúva de Naim: “Não chores”.
Ela já havia chorado o suficiente.
Vale recordar a sentença-conselho Rabindranath Tagore. Ela pode de alguma maneira merecer atenção, especialmente para aqueles que não sabem por que choram, ou insistem em continuar a chorar depois de visivelmente confortados: "Se choras porque perdeste o sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas."
Até que cheguemos ao Céu, o lugar sem lágrimas, mito teremos que chorar.
Mas não permitamos que o excesso de nossas lágrimas comprometa a abundancia de nossa alegria, transformando-a em escassez inócua.
Entre chorar e chorar o melhor a fazer é sorrir e sorrir.
Qualquer choro cambaleia quando ouvimos esta popularíssima expressão: “Sorri. Jesus te ama”.
Cada um de nós tem um pouco de Jeremias dentro de si mesmo. Mas, por que não ter, também, muito de Paulo? “Regozijai-vos. Outra vez vos digo: regozijai-vos”.
Leitores que choram, ouçam o que diz a Palavra eterna: “chorai com os que choram”.
Mas não fiquemos aqui. Vamos um pouco adiante: “Alegrai-vos com os que se alegram”.
Em conclusão, descansemos nossa alma com imortal declaração do salmista: O choro pode durar a noite toda, mas a alegria vem pela manhã”.

9 comentários:

Danilo Fernandes disse...

Ola Pastor Gesiel!

Estou passeando na net para conhecer blogs cristãos, saber o que o povo está buscando e falando... E para divulgar meu blog, o Genizah.

Muito legal o trabalho que vocês fazem aqui! Parabéns.

Vou seguir vocês e espero pela oportunidade daquela troca de irmão em Cristo aqui ou no meu blog, se você me der a honra e prazer da visita.

Genizah é um blog de apologética cristã com uma boa dose de humor. Nosso time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

Espero que goste. Paz e Bem!

Danilo


http://www.genizahvirtual.com/

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Simplismente magistral este texto. O Eterno ilumine a cada dia sua mente, para produzir verdadeiras pérolas como esta!

Nele, o Autor da Vida

Marcelo de Oliveira

Salmo 36.8,9

Evangelista Misael Ferreira disse...

A Paz do Senhor, Pastor Gesiel!

Estou Navegando na net para conhecer blogs cristãos, saber o que o povo está buscando e falando... E para divulgar meu blog, o Anunciando Jesus Cristo.

Muito legal seu Blog ! Parabéns.

Vou seguir vocês e espero pela oportunidade daquela troca de irmão em Cristo aqui ou no meu blog, se você me der a honra e prazer da visita.


Espero que goste. Paz!
Ev. Misael Ferreira

Sara Lee disse...

Ola Pastor Geziel, tudo bem com o senhor? Espero que esteja muito bem, sempre muito bem,porque tem muita gente precisando do senhor, sabia? A forma ímpar como Deus tem lhe usado, tem aLcançado inúmeras pessoas, aLgumas das quais, sem nenhuma razão para viver, e que através de suas palavras, tem tido suas vidas transformadas, renovadas,RESSUSCITADAS. Gostaria de encontrar palavras para comentar este artigo, mas Aurélio não as descobriu. Sei apenas que,estando eu incluída neste contexto, e para não sair dele tão rapidamente,consigo esboçar um sorriso em meio às lágrimas. Uma esperança renasce em meu coração. Já consigo vislumbrar os primeiros raios de sol, a noite está terminando. Muito obrigada Pastor. Obrigada de coração. Deus continue a lhe abençoar, em nome de Jesus.

Pb. Fernando Cardoso disse...

Paz do Senhor Pastor Geziel, lendo este artigo lembrei-me de uma coisa interessante:

Por diversas vezes a Biblia nos compara a inúmeras arvores: Palmeira, Oliveira, Sandalo; Cedro do Libano etc..O mínimo que poderíamos fazer neste momento é refletir se estamos realmente como um Salgueiro. Salgueiro é conhecido em Lv. 23:40 “salgueiros das ribeiras”, isso nos mostra que é um tipo de arvore que dá ás margens dos ribeiros.

Deus tem nestes últimos dias visitados nossos cultos, nossas vidas com verdadeiras e abundantes águas, e nós como salgueiros, precisamos extrair os benefícios destas águas. Não haveria motivos para estamos tristes, para lançarmos tudo para traz por causa de um erro; uma ferida, de não queremos mais fazer o que fomos chamados para fazer.

Deus tem uma palavra para você salgueiro: Não se permita chorar a ponto de perder a esperança estando ao lado do ribeiro!

No salmo 137, o salmo do exílio babilônico os que estavam cativos estavam como um salgueiro cuja espécie é Chorão “Junto as rios da Babilonia nos assentamos e choramos, lembrando-nos de Sião, Nos salgueiros, que há no meio dela, penduramos as nossas harpas”.

Romanos 12:15 “Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram.”
É que quando alguém se alegra, eu compartilho da mesma alegria; e quando é para chorar com os que choram, eu choro; mas levo com o choro o conforto, o consolo, para que venha uma nova disposição.

Mesmo quando tudo parecer não ter fim, tenha uma outra postura. Tenha uma atitude de profeta!

Neste mesmo rio; o Rio Quebar enquanto o povo chorava, mas não se permitia consolar-se, ali estava Ezequiel e ele diz: Ez.1:1-3 1 “E aconteceu, no trigésimo ano, no quarto mês, no dia quinto do mês, que, estando eu no meio dos cativos, junto ao rio Quebar, se abriram os céus, e eu vi visões de Deus. No quinto dia do mês (no quinto ano do cativeiro do rei Joaquim), veio expressamente a palavra do SENHOR a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do SENHOR.” Ez.3:15 “fiquei ali, sete dias, pasmado no meio deles”

Quando nosso contato com o ribeiro como salgueiro se intensifica, nos só temos a ter grandes experiências com Deus: Ezequiel 3:23;10:15;10:20;10:22; 43:3.

VAMOS ALEGRAR O MUNDO COM A PALAVRA DE DEUS COMO VERDADEIROS SALGUEIROS JUNTO Á RIBEIROS DE AGUAS.

Pb. Fernando Cardoso
ASSEMBLEIA DE DEUS MINITERIO DE PERUS
SEDE DE VILA PERUS - SP
pbfernandocardoso@gmail.com

wellitinho disse...

a paz do senhor jesus!!!
-------------------------
pr.gesiel gomes,pela promeira vez estou visitando esta pagina pela qual achei interesante sobre a questao do texto "prazo de validade"e eu estava pensando justamente sobre isso alguns meses atrás e foi me dado a oportunidade de trazer um estudo na igreja onde congregrego,que no capitulo 8 verso 22 de genesis,
podemos entender que ali quando DEUS fala "enquanto a terra durar"automáticamente esta sendo colocada sua data de válidade.

foi um prazer ter deixado esse comentário sei q nao é o texto posto mas não poderia de deixar passar essa oportunidade!!

fica na paz do senhor jesus DEUS abençõe o senhor e sua familia amém!!

ass:anderson jau-sp

Paulinho Adorador disse...

Graça e Paz pr. Geziel,

É a primeira vez que visito o seu blog e achei muito interessante e edificante.
Que o Senhor continue te abençoando e te usando para impactar milhares de milhares de milhares.
Estarei seguindo o seu blog e qdo tiver um tempinho dê uma passadinha no meu humilde blog paulinhoadorador12.blogspot.com

Deus o abençoe!

Godói211 disse...

"chorar é diminuir a profundidade da dor."

Sabe aqueles textos que no final você dá aquele loooongo suspiro..., pois falou diretamente e profundamente ao coração. Foi este texto. Lindo, poético e ao mesmo tempo forte.

Cop.Edilson Ass.Deus SP disse...

Tenho percebido que sempre a unção,graça e à autoridade de Deus esteveram do seu lado e sempre estará.